“E outra coisa – não se esforce. Pelo menos, não tanto. Não fique aí remando contra a maré, dando murro em ponta de faca. Veja – se não fora pra ser, não vai ser. Acredite em mim. Coisa boba essa sua tentativa de ir além. E olhe, eu não estou pedindo pra você desistir não, não é isso. Eu só quero que você pense mais… que tenha argumentos melhores.”
Caio Fernando Abreu.  (via enamorava)

prestigiador:

teu encanto preenche meus cantos mais solitários.


“Eu só quero isso. Alguém que chegue, me faça rir, permaneça. Que dispute comigo no final do dia, quem ama mais. Eu só quero isso, um pouquinho de amor, de carinho. Quero alguém que fique, por mais difícil que esteja. Um sol, pra me fazer de Terra, e girar em torno. Para me iluminar, por mais que a escuridão aparente não ir embora. Alguém, para rir das piadas mais estúpidas do mundo. Quero alguém, que exista apenas em mim, quero existir em alguém. Ser o mundo de alguém. Quero alguém que, no final de um diálogo, diga tchau, pelo menos umas 5 vezes, e depois de tudo, apenas, esqueça de ir embora.”
Fernando Moura. (via manuscritoss)

“Meu coração é o mendigo mais faminto da rua mais miserável.”
Caio Fernando Abreu.  (via carenciada)

“Eu me declarei pra você milhares de vezes, da minha maneira… Só você que não viu.”
Vinícius Kretek.  (via prestigiador)

staffyx